Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Para o final do Verão fomos conhecer as Cíes. As ilhas dos Deuses são um pequeno tesouro na ria de Vigo. É lá a melhor praia do mundo. Já foi abrigo de piratas. Hoje podemos fazer campismo, mergulhar, fazer trekking ou simplesmente ficar. 

Quando chegamos sentimos-nos transportados para uma qualquer ilha das Caraíbas: a água é cristalina e límpida, a areia é branca, fina e macia. O tempo ajuda a imaginação: o céu está totalmente azul, não há vento, o sol brilha e faz calor. Sentimos-nos bem, muito bem. Mal colocamos o pé no mar regressamos à realidade, a água é extremamente fria, estamos na Galiza, mas continuamos a sentir-nos bem.

Fomos por Vigo. Deixamos o carro no parque do Porto. O barco demorou três quartos de hora a chegar à ilha. Ficamos no parque de campismo. Levamos as mochilas pesadas de comida, casacos polares e as sapatilhas para as caminhadas. Ficamos uma noite porque gostamos de ver as estrelas. 

 

A maioria das informações que recolhi sobre a ilha estavam erradas. A saber:

# na ilha existem 3 restaurantes, 1 café e 1 supermercado;

# na área das tendas não existe electricidade mas nos asseos existem tomadas;

# pedem-nos para trazermos o lixo connosco mas existem contentores na ilha;

# não podemos fazer fogo.

 

A S. adorou a tenda. De início estranhou a ideia de haver camas e abriu o saco cama no chão mas antes de anoitecer rendeu-se ao conforto. Como de campismo se tratava levamos as mochilas dos escuteiros, mas podemos poupar as dores nas costas: as rodinhas das malas de cabine deslizam perfeitamente desde o cais até ao campismo. 

Os asseos são limpos e até cheiram bem. A água quente é paga. Cinquenta cêntimos chegam para um banho rápido. Apesar da reticência da S. em tomar banho em casa, lá também quis uma moeda!

Existem quatro trilhos na ilha. De dificuldade baixa a média, o mais exigente é o do Monte Faro devido à subida em zigue-zague até ao farol. Existem sinais de proibido nos locais onde nos apetece sair dos trilhos, trata-se de uma zona protegida que devemos preservar. Desta forma é seguir sempre em frente e ninguém se perde nem são necessários gps

Quanto às praias, são idílicas, todas elas. Não fosse a temperatura da água imprópria a banhos, estaríamos no paraíso! Falam de seis mas identificamos três: a de Rodas - a maior em forma de meia lua cheia de tesouros escondidos na areia. Na parte junto aos cais poderíamos dizer que estava cheia mas na outra ponta era uma praia quase só para nós; a da Nossa Senhora - uma praia pequena junto às ruínas do castelo dos piratas. Decidimos descer porque visto de cima o mar era irresistível e ainda ponderamos se seria mais quente mas não, apenas a S. teve coragem!; e a de Figueiras onde fomos passear já o sol se estava a esconder para não incomodar os amantes do naturismo.

Como reserva natural que é não são permitidos cães na ilha ou bicicletas por exemplo. Existem coelhos, ratos, lagartos, caranguejos, muito peixe, garças e muitas gaivotas e ainda imensa flora que não sabemos identificar. Quanto às gaivotas de pata amarela é verdade tudo o que dizem sobre elas: são atrevidas e sabem desapertar nós: Os animais e plantas existentes na ilha partilham-a connosco e fiquei surpreendida com o respeito com que o povo Espanhol trata os seus tesouros. A S. também se apercebeu de uma forma diferente e melhor de tratarmos os outros e a natureza. Acima de tudo foi a melhor aprendizagem. 

 

IMG_6623.jpg

IMG_6628.jpg

IMG_6629.jpg

IMG_6632.jpg

IMG_6642.jpg

IMG_6649.jpg

IMG_6675.jpg

IMG_6680.jpg

IMG_6686.jpg

IMG_6697.jpg

IMG_6698.jpg

IMG_6707.jpg

IMG_6751.jpg

IMG_6752.jpg

IMG_6772.jpg

IMG_6789.jpg

IMG_6790.jpg

IMG_6791.jpg

IMG_6798.jpg

IMG_6820.jpg

IMG_6824.jpg

IMG_6828.jpg

IMG_6833.jpg

IMG_6841.jpg

IMG_6843.jpg

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Pág. 1/6



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D